Miguel Araújo esgota coliseus

Miguel Araújo

  • Comentar
  • Imprimir
  • Adicionar aos Favoritos

Miguel Araújo subiu ontem ao palco do Coliseu do Porto, para o primeiro de três concertos. O segundo acontece esta noite (sábado) e o terceiro dia 11 no Coliseu de Lisboa. Todos com lotação esgotada onde o artista dá a conhecer o seu mais recente álbum, “Giesta”, bem como alguns dos seus cartões de visita.

Com um coro de 3 mil pessoas, o encontro de ontem juntou ainda convidados especiais como: Rui Veloso (uma das maiores referências para Miguel Araújo, e que teve um papel preponderante no lançamento de Os Azeitonas),André Tentúgal, Catarina Salinas e os Kappas.

“Boa noite Porto, é sempre um prazer estar aqui, eu sou daqui”- foram estas as primeiras palavras que Miguel Araújo dirigiu ao público, depois de ter interpretado “Lurdes”, “Ventura”, “José” e “Romaria”. Foi uma noite de emoções,sorrisos aplausos e de memórias que o anfitrião da noite revelou com histórias de infância que serviram de inspiração para alguma das músicas do seu mais recente álbum.

Na capital portuguesa o artista terá como convidados: João Só, Kappas, Ana Moura, Ana Bacalhau.

Miguel Araújo é considerado um dos artistas mais completos da nova geração. O seu nome destaca-se como compositor, letrista, cantor e músico. São já muitas as canções da sua autoria, cantadas por si e por outros artistas como: Os Azeitonas, dos quais faz parte, António Zambujo, Ana Moura ou mesmo Carminho.

Estes concertos nos coliseus marcam o momento alto da maior digressão de sempre do músico do Porto. Aos êxitos que fazem parte já do grande espólio de canções portuguesas da última década – alguma das quais escritas para outros músicos portugueses – Miguel Araújo irá igualmente levar para o palco as canções do seu último trabalho a solo, Giesta, lançado em abril, de onde saíram até à data os singles “1987″ e “Axl Rose”.

Miguel Araújo é considerado unanimemente pela crítica como um dos mais importantes e completo artistas da nova geração e um dos grandes nomes da música em Portugal. Compositor, letrista, músico e cantor, reúne um talento genuíno, incomparável entre os artistas da sua geração. Em menos de uma década conseguiu escrever mais de uma dezena de grandes êxitos que fazem já parte das grandes canções populares portuguesas deste século: “Anda Comigo Ver os Aviões”, “Os Maridos das Outras”, “Reader’s Digest”, “Recantiga”, “Balada Astral”, “Será Amor”, entre tantas outras.

Este regresso aos Coliseus é certamente uma grande oportunidade para os admiradores do artista verem e ouvir de perto algumas dessas canções cantadas pelo seu autor mas também por artistas para quem escreveu, ou que o inspiraram. A genialidade e o talento de Miguel Araújo e dos músicos que o acompanham nestes espetáculos são certamente um importante para celebrar a curta mas bem sucedida carreira.

Sem Comentários para “Miguel Araújo esgota coliseus”

escreva um comentário.

Deixe o seu comentário